Enfim boas notícias…

Finalmente uma coisa boa saída das cabeças dominantes da Fórmula 1. A idéia é que, a partir da temporada de 2013, a categoria volte a contar com o efeito-solo (os famosos “carros-asa”) e com motores turbo. Os motores teriam 1,6 litro, 4 cinlindros, e cerca de 650 hp de potência. Além disso, estuda-se a possibilidade de os motores serem movidos por bio-combustíveis, e a limitação em cinco, o número de motores que poderão ser usados pelos pilotos na temporada.

As medidas visam aumentar a competitividade, a redução de custos e tornar a categoria menos poluente.

Não sei quanto a vocês, mas eu estou adorando essa idéia…

Alain Prost num Renault RE 30, de 1981, com efeito-solo e motor turbo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s