Naked F1 – Lotus 100T

O carro era uma bosta, mas, mesmo assim, que beleza de foto. Nelson Piquet, Lotus 100T/Honda, 1988.

8 comentários sobre “Naked F1 – Lotus 100T

  1. Tenho a leve desconfiança de onde essa foto saiu…rsrsrsrs.Sentado no cockpit, o melhor piloto que assisti na F1.Salve, Nelson!!!

  2. Olá, tudo bem?

    Meu nome é Stephanie e sou responsável pelas mídias sociais de Gridoos, um game inovador onde você contrata pilotos, equipes e escolhe patrocínios reais.

    Os apaixonados por automobilismo poderão sentir na pele as responsabilidades de organizar e estar à frente de uma equipe de ponta, com a vantagem de poder reformular a equipe à sua maneira, de acordo com os retorno dos investimentos que fazem ao longo da “gestão”.

    Todo jogador do Gridoos está participando automaticamente do Ranking Nacional, que reúne todos os usuários do mesmo país, e do Ranking Mudial que envolve todos os jogadores no mundo. Mas para tornar a experiência ainda mais competitiva, você também pode organizar seu próprio campeonato e ainda convidar os seus amigos para participar.

    Este é um convite exclusivo e esperamos que aceite!

    Acesse agora mesmo e monte sua equipe http://www.gridoos.com

    Abs,

    Stephanie Jud

  3. Querido Rafael fico feliz que vc goste dos dois (Senna e Piquet), o Piquet não era muito rápido mas era calmo e bom acertador, já Senna era mais afoito, tinha menos técnica mas era um foguete principalmente na chuva, pista novas e travadas. Fico triste pelo erro de avaliação do Nélson Piquet que resolveu pegar a Lotus 100T, esta Lotus era bem mais estreita e longa que anterior (99T) tinha 20% melhor penetração aerodinâmica que o 99T, só que um carro diferente significa que tem que desenvolver o carro, já que muda distribuição de peso, aerodinâmica, marchas, suspensão, etc e como a Lotus era uma equipe média, tudo é demorado, acredito que o carro só seria competitivo no fim do ano, mas como o Piquet brigou com o engenheiro da Lotus, tudo piorou. O Piquet deveria ter ficado com os Lotus 99T e só colocar um tanque menor (150 litros) e o novo motor Honda de 650 cavalos e estava pronta, porque a Lotus 99T estava bem acertada, o defeito desta Lotus eram três, como a suspensão ativa da Lotus era muito complexa as Lotus ficaram com o carro com uns 15 kgs (primeiro defeito) acima do peso do regulamento (540 kgs), só isto aí é 0,6 segundos por volta, mas como o regulamento mudou a potência do motor que perderam mais de 300 cavalos, a Honda conseguiu aliviar bastante o peso de seu motor ficando agora com 146 kgs, a Lotus também aliviou peso de rodas, câmbio, diferencial, embreagem etc… com isto os Lotus ficariam no peso mesmo usando s. ativa, um outro defeito da Lotus 99T eram os motores Honda que eram de uma geração mais atrasada, eles eram os RA 166-E (segundo defeito) que em condições de treinos e com válvula de 4 bar dava 900 cavalos, já os de corrida tinha no mínimo 820 cavalos todos os 2 motores (166-E) giravam a 12500 rpm. Já a Williams (no contrato exigia ter um motor uma geração mais desenvolvido) usavam o RA 167-E um motor que dava nas corridas no mínimo 870 cavalos e nos treinos 1015 cavalos tudo isto a 14000 giros. Com o fim do contrato com a Williams, a Honda podia dar para a Mclaren e Lotus motores iguais o RA 168-E um motor com 650 cavalos a 14000 giros (pressão do turbo 2,5 bar do novo regulamento) resumindo os Lotus 99T mais leves e com motores com potência igual iriam melhorar muito nos treinos de 1988 caso tivesse um motor fraco e um carro pesado como era o 99T (ponto fraco do Lotus 99T, já que a diferença de mais de 100 cavalos iria ficar zero em relação a Mclaren e a Lotus 99T teria 30 cavalos a mais do que a Ferrari, o segundo melhor motor do Grid) Já nas corridas com carros com o mesmo peso e com potência igual as Mclaren o carro andaria bem, já que estava bem ajustado, tinha uma suspensão ativa que economizava pneus, tinha 1 ano mais de experiência com o motor Honda, como pontos fraco da Lotus (terceiro defeito) é a aerodinâmica que era deficiente em curvas de alta velocidade, já a Mclaren o duelo ProstXSenna fariam eles dividirem os pontos e aí o Piquet correria por fora e poderia ser campeão. Como ocorreu com o Prost em 1986, com Piquet e Mansell se destruindo, ou mesmo em 1981 com as Williams de Jones e Reuteman se destruindo e Piquet por fora foi campeão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s