SF1T Classics – EUA 1991

Até o final da temporada de 1990, a Rede Globo, emissora oficial das transmissões de Fórmula 1 no Brasil, nunca havia transmitido os treinos classificatórios ao vivo. No entanto, com a popularidade de Ayrton Senna e suas voltas voadoras nos treinos, a emissora começou, a partir do primeiro GP da temporada de 1991, a transmitir o qualifying de sábado (na época eram duas sessões, uma na sexta-feira, e uma no sábado) ao vivo. Hoje eu trago para vocês o vídeo, na íntegra, desta primeira sessão transmitida ao vivo, a do GP dos EUA de 1991. Assistam aí!

Anúncios

50’s – Foyt

Eu acredito que todo mundo sabe disso, mas é o tipo de coisa que a gente só se lembra quando precisa falar sobre. Estou falando isso porque hoje eu resolvi escrever alguma coisa, e confesso que eu estava meio sem idéia do que fazer. Ultimamente tem sido assim, não sei se é a dificuldade de manter um blog atualizado todo dia sem ser repetitivo, a dificuldade de evitar postar coisas que foram postadas nos outros blogs (pelo menos evitar assuntos recentes), ou se é só preguiça mesmo.

Enfim, isso tudo porque, no fim das contas, eu tive um insight, e me lembrei que as 500 milhas de Indianápolis já fizeram parte do calendário da Fórmula 1. Isso foi entre 1950 e 1960, e correspondia ao GP dos EUA. Interessante notar que, nesse período, pouquíssimas vezes alguma equipe eu piloto da Europa se aventurava a participar da prova, o que faz com que todos os vencedores nessa época fossem pilotos e equipes ianques.

Mais interessante ainda é que o maior vencedor da prova, a lenda AJ Foyt, participou de três edições da prova enquanto ela fazia parte do calendário da categoria máxima, mas nunca venceu nesse período. Sua primeira vitória foi em 1961, no ano seguinte à última vez em que a prova foi disputada valendo pontos para o mundial.

Na foto, Foyt posando antes da edição da Indy 500 de 1958.