SF1T Rocks – These Days

Eu me dei conta de que eu nunca postei nada do Bon Jovi aqui, e eles são um das minhas bandas preferidas. Então nada mais justo do que compensar essa “falha” com a melhor música deles: These Days. Ao vivo, na Argentina, em 1995.

Bom final de semana!

SF1T Rocks – Stand

Em 1993 depois da saída do guitarrista C.C. DeVille, o Poison recruta o então desconhecido Richie Kotzen para ser seu substituto, lançando o álbum Native Tongue, que foi uma espécie de divisor de águas na carreira da banda, por marcar uma profunda mudança no direcionamento musical deles. É um disco que divide opiniões, já que os fãs mais antigos não agradaram muito dessa mudança. Particularmente, eu o considero o melhor álbum da carreira da banda.
E é desse controverso disco que veio a música de hoje, Stand.

Ouçam aí!

SF1T Rocks – Me Dê Sua Mão

Wander Taffo foi um dos músicos mais importantes da história do Rock brasileiro. Tocou com bandas e artistas de grande renome nacional, como Rita Lee, Secos e Molhados, Made In Brazil, Rádio Táxi, etc. Mas, para mim, o grande momento da carreira do lendário guitarrista paulistano foi quando, em 1989, ele se junta aos irmãos Andria (baixo e voz) e Ivan Busic (bateria) e o tecladista Marcelo Souss, e monta a banda Taffo.

O primeiro disco, na verdade, leva o nome do guitarrista, como um disco solo e recebeu muitos prêmios, na época. Em 1991, agora sim como banda Taffo, sai o aclamadíssimo Rosa Branca. Na época do auge do Hard Rock em nosso país, o disco foi um grande sucesso e traz músicas que são consideradas como clássicos do Hard/AOR brasileiro, como Olhos de Neon, Vento Sul, Sonhos e Rock’n’Roll, etc.

Pouco depois do lançamento de Rosa Branca, os irmãos Busic deixam a banda para, junto com o guitarrista Eduardo Ardanuy, formarem o Dr. Sin. O Taffo continuou na ativa até 1992, mas não lançou outro disco.

Wander Taffo morreu em 2008, enquanto preparava a volta da banda. Logo em seguida, os irmãos Busic se reuniram a vários músicos, e fizeram um grande tributo ao guitarrista. E é desse show a versão da sensacional Me Dê Sua Mão, do álbum Rosa Branca, que é apresentada aqui hoje.

Uma curiosidade: essa é a primeira música em português que eu posto aqui no blog.

Assistam aí, e bom fim de semana!

SF1T Rocks – Somebody’s Out There

O Canadá é um dos maiores celeiros de boas bandas de Rock do mundo.  E duas delas, em particular, alcançaram um nível de sucesso, que hoje faz com elas estejam no patamar de lendas do Rock. Uma é o Rush, que dispensa apresentações. A outra, não é tão conhecida aqui no Brasil, mas com certeza se encontra no mesmo nível: o Triumph.  A banda foi formada em 1975, pelo guitarrista e vocalista Rick Emmett, o baixista e tecladista Mike Levine, e o baterista e vocalista Gil Moore. No início, o som era muito parecido com o do Rush, mas à medida em que as bandas evoluíram, os estilos foram se distanciando, com o Rush caminhando cada vez mais em direção ao progressivo, e o Triumph indo no caminho do Hard Rock de arena.

Ao longo de quase 40 anos de carreira, o Triumph se notabilizou pelo altíssimo nível técnico e musical dos seus integrantes, sendo que Rick Emmett é, até hoje, considerado como um dos maiores guitarristas da história do Rock. E compuseram inúmeros clássicos, como Rock’n’Roll Machine, Allied Forces, Magic Power, Never Surrender, Fight The Good Fight, etc.

A música de hoje, Somebody’s Out There, é do álbum The Sport Of Kings, de 1986, na versão do DVD Live in Halifax, de 1987.

Ouçam aí, e bom fim de semana!

SF1T Rocks – Hunger

Carmine Appice é um músico que dispensa apresentações. Verdadeira lenda do Rock’n’Roll, o batera tocou com gente como Ozzy Osbourne, Rod Stewart, foi um dos fundadores do Cactus, etc.

Em 1984, ele resolve entrar na onda do chamado Glam Metal, movimento que unia um som pesado e bem trabalhado, a um visual, digamos exótico e exagerado. Assim funda o King Kobra, ao lado do excelente vocalista Mark Free, os guitarristas David Michael-Philips e Mick Sweda e o baixista Jonhy Rod.

O primeiro álbum, Ready To Strike foi lançado em 1985 e, em 1986, sai o segundo, Thrill of a Lifetime, que foi um grande sucesso com a música Iron Eagle (Never Say Die), que foi parte da trilha do filme Iron Eagle.

A música de hoje, Hunger, é do primeiro disco, e é uma das minhas preferidas deles.

Uma curiosidade: em 1993 o vocalista Mark Free passou por uma cirurgia de mudança de sexo, e passou a se chamar Marcie Free…

SF1T Rocks – Shyboy

Se quando Dave Lee Roth saiu do Van Halen os caras lançaram o fenomenal 5150, o outro lado da moeda é o não menos espetacular Eat’Em And Smile, lançado por Diamond Dave já em 1986. Entre as pérolas desse disco, está a nossa música de hoje: Shyboy, que virou um clássico da carreira dele.

Ouçam aí!